Ensaios Cruzeiro-SP

Filha e Mãe, tudo de bom ! -Bárbara e Magali - ensaio mãe e filha

Tem horas que a gente se pergunta por que é que não se junta tudo numa coisa só?! 

E o incrível é perceber que se junta.

As coisas óbvias e simples passam despercebidas, muitas vezes, diante de nós, e a gente perde a poesia, a poesia do cotidiano, a poesia das relações. Ontem acabou, passou, já foi. Daqui a pouco nem existe ainda, nem começou. E a gente só tem agora pra poder se declarar,pra poder criticar, pra poder olhar no olho, pra poder se confessar, pra ser e estar.


Todo sopro que apaga uma chama reacende o que for pra ficar.


Isso é a vida, a continuidade, DNA.




Eu conheci a Bárbara cerca de 1 ano atrás, em decorrência do meu trabalho e do dela. E foi imediato uma conexão, duas aquarianas com compartilhamentos de coisas em comum e características que se mesclam.

Sempre ficou no ar o desejo por fazer um ensaio. E entre tantas tentativas e falta de brechas em ambas as agendas, saiu! Em uma simples conversa falamos terça?! Terça, e foi terça, esse ensaio lindão da Barbara juntamente com sua mãe a Magali. ( decida por quem você quer se apaixonar, duas lindas assim de alma e coração ficam irresistíveis)


Fui buscas as duas no salão ( da minha amiga Niara Elisei , e logo de cara a simpatia em forma de pessoa se apresentou, era a Magali! Uma leonina poderosa, como não ser, que brilha, que carrega o sol, e se abusar até uma galaxia. Dona de uma personalidade única, é um coração de ouro em expansão, o rugir mais alto pelos filhotes, a guerreira, mas que sabe ser a alegria que faz morada e a doçura que dá lugar a gestos maternais tão ternos e sensíveis. 


Do outro lado... Bárbara, talvez o muito a dizer e diz no silêncio, a tradução do garbo e elegância, impossível, repito impossível não se encantar, e de repente o encanto vira admiração. Você se depara com uma menina/mulher, tão inteligente, dona de si, bom coração, companheira e amiga. Uma pessoa forte, que parece ter um super poder, um escudo protetor que repele tudo o que não for para o bem.


Durante a volta conversando no carro, a Magali disse assim "o que mais me orgulha e admiro na Bárbara, é ver o quanto ela é segura de si, o quanto ela tem segurança. O quanto a Bárbara é firme, ela sabe dizer NÃO e me ensina isso todos os dias."


E em contra ponto, a Barbara, confidenciou o seguinte: " Eu tenho memórias maravilhosaaaaas, da minha infancia, minha mãe era criança junto com a gente, lembro dela sempre brincando, dando cambalhotas, brincando de desfile e fazendo roupas. Minha mãe sempre foi amiga e parceira e uma super mãe."


E ela ainda complementou, "não queria parecer com esse jeito ( leonina, já falei isso gente ?! ), da minha mãe, e hoje percebo o quanto estou ficando assim, ou já era e bloqueava. O quanto tenho esse coração bom da minha mãe, de fazer o bem, de se emocionar, de sentir, de deixar vir pra fora..,"


Isso é simplesmente a beleza que há na vida, a beleza das das relações, da continuidade. É quando a gente enche a alma d'aquilo que outrora não acreditávamos ser para nós.


Mãe é dar o melhor de si , uma, duas vezes, quantas necessário for, é cura em forma de abraço, é proteção em forma de beijo, é a oração é o substantivo mais sublime que existe.


Parabéns a vocês duas pela linda história, pela tão especial relação, pelo respeito e admiração mútua. Por serem uma pra outra, amor!


Gratidão pela confiança no meu trabalho, no melhor que posso ser. Obrigada pelo carinho, pelo café e por destinarem o maior ativo que temos, chamado TEMPO, para passarem um TEMPO, comigo!


De seu like, curta, compartilhe e comente, certamente me fará muito feliz ; )


Abraços, Maucha Lamins.