Casamentos Cruzeiro-SP

Casamento de dia - Marina e Alê

Acima de tudo, porém, revistam-se do amor, que é o elo perfeito.

Colossenses 3:14


O amor, simplesmente o elo perfeito que nos une!

Tudo é no final sobre conexão.

Nada é por acaso e se por acaso for, posso afirmar que o acaso adora vocês dois juntos.

Eu sou incapaz de falar sobre esse casamento, sobre a Marina e o Alê, sem falar sobre fé e amor.


Bom mas vamos lá para um pouquinho de história...

O que geralmente a gente faz em um domingo?; Eu não sei vocês mais esses dois se casaram, e foi em um domingo também que nos conhecemos, fui até a casa da mãe da Marina e lá sentada na poltrona da sala, vi uma dupla extremamente em sintonia aconhegados um ao outro me contando a história deles, que começou com um oi dado pelo Alê, no já extinto Orkut, e o mesmo oi respondido pela Marina.

E eles coexistiam tão lindamente na forma de casal, que ao me narrarem como tudo começou e tudo que passaram para chegar até ali, eles entraram em uma bolha, tudo ficou rarefeito, e fazendo uma associação me senti como o Flash quando ele entra na força da aceleração e tudo ao redor fica em outro time.


A Marina e o Alê possuem um tempo completamente diferente, eles fazem valer o tempo da permanência, porque tiveram que aprenderam a conviver com o tempo da ausência, cuja essa se fez muito forte ao longo desses 11 anos juntos.

Sobreviveram a distância, as diferenças, as inseguranças, as angustias, a saudade, ao medo!; Porque amor é justamente isso, é ficar inseguro, é ter aquele medo de perder a pessoa todo dia, é ter medo de se perder todo dia. É você se ver mergulhado, enredado, em algo que você não tem mais controle, e ali no meio do caos, vem a paz e de repente tudo o que sabemos é que não se precisa explicar, só sentir, amor é amar!

Como bem foi citado no casamento, O AMOR É ACIMA DE TUDO UM VENCEDOR, O AMOR TUDO PODE! Acho que é a sintese mais direta do trecho da carta do apóstolo Paulo em 1 Coríntios 13.

 

O Alê, não liga pra foto, ou fotos, como ele bem me disse, mas ele sabia a importância desse momento, desse ato, e meu amigo, sim te considero um amigo, amar é a coragem de desconhecer, como a Marina te diz que o que você não liga, é fruto do que você não entende.

Mas posso afirmar que você entende a luta de vocês, cada coisinha que passaram, e eu sinceramente espero que ao olharam essas fotos e lerem esse texto, vocês novamente tenham a certeza que: existem muitas coisas linda no mundo, mas o universo particularmente acha uma obra de arte vocês dois juntos!



Amo vocês, amo ver o amor de vocês. 

Eu quero só dizer uma coisa a mais, que vocês sempre se lembrem de dizer oi um ao outro.


Gratidão, com amor e por amor.


Maucha Lamins


Se gostou me deixa um comentário, seu feedback é muito importante. ; )